Procedimento do dia: eletrocoagulação

A eletrocoagulação é um tratamento muito utilizado por nós dermatologistas. Através de um aparelho que emite uma corrente elétrica é possível eliminar pequenas lesões de pele, formando uma crosta que em poucos dias cicatriza, deixando um resultado estético muito bom.

O diagnóstico correto da lesão por um dermatologista é muito importante, pois lesões com suspeitas de câncer não devem ser tratadas por este método.

As queratoses seborréicas são as campeãs de indicação de eletrocoagulação no meu consultório. Estas lesões muitas vezes tem um aspecto ruim, o que leva muitos profissionais não especializados em dermatologia a confundirem-na com lesões malignas, e acabarem por fazer uma cirurgia mais profunda desnecessariamente. Como estas lesões são benignas e superficiais, a eletrocoagulação é o procedimento mais indicado pelo melhor resultado estético.

Ah, e o que uma foto do Morgan Freeman faz neste post? É que estas lesões que ele tem na face são um tipo de queratose seborréica muito comum, que são facilmente tratadas com a eletrocoagulação. Mas como são lesões benignas, tratá-las é opcional – e tudo indica que Morgan Freeman curte suas “pintinhas”…