Síndrome das unhas quebradiças

Hoje vamos bater um papo sobre o que rolou no Congresso sobre UNHAS.

Falou-se muito sobre a SÍNDROME DAS UNHAS QUEBRADIÇAS.
O nome já é bem explicativo, né?
As unhas podem ficar fracas por vários motivos, como desnutrição, alterações de tireóide, doenças graves. Mas como vocês devem imaginar, a maioria das pessoas que queixam-se de unhas fracas estão com a saúde perfeita! Ótimo! Mas porque as unhas estão fracas então?????

A resposta está em suas mãos: o contato com água, detergentes, sabão, produtos de limpeza, pós, etc. Todos estes itens causam o ressecamento e o enfraquecimento das unhas. O jeito é se acostumar a usar luvas, certo?

Um caso à parte são as idas à manicure… Claro que está fora de cogitação não ir ao salão fazer as unhas, mas algumas dicas podem amenizar este dano. Anote todas elas e coloque-as em prática:
– retire o esmalte um ou dois dias antes da manicure usando um lenço removedor de esmalte, que não contenha acetona e possua agentes hidratantes.
– nestes dias sem esmalte aproveite para usar hidratantes nas unhas, de preferência que contenham uréia.
– peça para a manicure retirar apenas o excesso de pele ao redor da unha, poupando a cutícula. E nunca empurrar ou descolar a coitada da cutícula!
– evite lixar as unhas enquanto elas estiverem úmidas – a umidade as deixa mais fracas.

E tente também não colocar os dedos na boca, pois o contato com a saliva também corrói as unhas…

Enfim, tudo isso! Agora é só colocar as orientações em prática! Se não melhorar, aí não tem jeito: procure um dermatologista para uma avaliação individualizada.